quinta-feira, janeiro 27, 2005

64. Extensão do IPA fechada

Há efectivamente situações que nos levam a pensar o pior do estado da arqueologia no país. Já não basta os poucos meios para a investigação e a situação cinzenta em que o organismo que tutela a arqueologia em Portugal se encontra há anos (vai não vai, fica não fica)… mas agora deparamo-nos com uma das Extensões Territoriais do IPA (Viseu) fechada por causa de licença de parto!

Actualização: ver Arqueoblogo (389)

1 Comments:

At 5:02 da tarde, Anonymous Anónimo said...

pois é verdade, mas se serve de consolo o mesmo acontece por vezes com a extensão do Crato. E a situação vai piorar quando um dos arqueólos começar a dar aulas na Universidade de Évora...e depois? um colega sozinho vai dar conta do Alto Alentejo? mas que situação...

 

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker